Dicas de educação financeira para colocar em prática já!

Hoje você vai conferir as melhores dicas de educação financeira para colocar em prática no seu dia a dia. 

A educação financeira é um assunto que vem ganhando bastante força nos últimos anos. Com o aumento do endividamento das famílias brasileiras, aprender a usar o dinheiro de forma consciente se tornou essencial para manter as contas em dia. 

Muitos não imaginam, mas o total de famílias brasileiras com dívidas ou contas atrasadas é o maior em 12 anos, de acordo com pesquisa divulgada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

Apesar do número alarmante, saiba que a educação financeira pode te ajudar a driblar as dívidas e outros problemas gerados pela má administração do dinheiro. 

Mas antes, é preciso lembrar que a organização das finanças deve ser responsabilidade da família como um todo. Isso significa que todos os integrantes devem entender a importância de economizar, poupar e investir, incluindo as crianças.

Pensando em te ajudar a melhorar a sua relação com o dinheiro, listamos abaixo algumas dicas de educação financeira. Confira a seguir e não esqueça de compartilhar com toda a família!

1. Não gaste mais do que ganha

Uma das principais dicas de educação financeira é não gastar além do que você ganha.

Apesar de parecer algo óbvio, isso ainda é um desafio para grande parte dos brasileiros. 

Gastar mais do que ganha significa recorrer a empréstimos, cheque especial e, consequentemente, entrar em um ciclo interminável de dívidas. 

Para evitar gastos fora do orçamento, existem várias regras de proporção, como a 50-30-20. Neste modelo, você destina 50% para gastos essenciais, 30% para prioridades financeiras e 20% para gastos não essenciais.  

Você pode personalizar essa regra da forma que funcionar melhor para a sua realidade! 

2. Tenha um orçamento familiar

O orçamento familiar é a principal ferramenta para ajudar a controlar, de forma detalhada, todas as receitas e despesas de uma família.

Essa ferramenta pode te ajudar a equilibrar as contas, controlar os gastos do dia a dia e planejar seu futuro financeiro com mais facilidade. 

Além disso, é uma forma muito eficiente de introduzir educação financeira para as crianças e para outros membros da família que ainda não possuem conhecimento sobre o tema. Quando todos reconhecem a importância de usar o dinheiro com sabedoria, fica muito mais fácil introduzir outros conceitos, como investimentos e economia. 

Veja aqui como preparar seu orçamento familiar. 

dicas de educação financeira
  • Save

3. Defina objetivos de curto, médio e longo prazo 

Uma das melhores dicas de educação financeira é ter objetivos bem definidos. Assim, é possível se planejar financeiramente para alcançar cada um deles sem cair em um mar de dívidas. 

Imagine que seu objetivo seja fazer uma viagem que custa R$ 5.000. Para atingir esse objetivo em 10 meses, você deverá guardar R$ 500 a cada mês. Se quiser alcançar esse objetivo em menos tempo, terá que pensar em maneiras de economizar no dia a dia e investir o que já tem. 

Com os objetivos bem definidos e um bom planejamento financeiro, você poderá realizar seus sonhos com maior facilidade.  

dicas de educação financeira
  • Save

4. Gaste de forma consciente 

Uma outra dica valiosa de educação financeira é procurar ser mais cuidadoso na hora de gastar o seu dinheiro. Muitas vezes, para atingir objetivos maiores, precisamos economizar e abrir mão de certos prazeres momentâneos, como por exemplo, comprar uma roupa nova ou comer fora todos os dias. Por isso, antes de gastar, leve em consideração seus objetivos e a real necessidade daquele consumo. 

Você também deve incentivar toda a sua família a gastar de forma consciente. Todos os integrantes devem reavaliar seus hábitos de consumo e adotar práticas mais responsáveis.

5. Tenha uma reserva de emergência

A reserva de emergência é o dinheiro que vai te ajudar em situações inesperadas. Por isso, é de extrema importância que você poupe um valor equivalente a 6/12 meses das suas despesas familiares. A ideia dessa reserva é evitar que você recorra a empréstimos em casos de emergência. 

dicas de educação financeira
  • Save

6. Invista mensalmente

Além de planejar sua reserva de emergência, é importante destinar uma parte do seu dinheiro para os investimentos. 

Existem diversos tipos de investimentos para você escolher o que melhor se adequa ao seu perfil: Previdência Privada, Tesouro Direto, CDB, Ações, Fundos de Investimentos e muitos outros!

Os investimentos podem te ajudar a aumentar seu patrimônio, a alcançar grandes objetivos financeiros e a garantir um futuro mais seguro para seus filhos. 

Mas não se esqueça… Se você não tem experiência investindo, busque conhecimento e ajuda de especialistas no assunto. Geralmente, as principais corretoras do país oferecem auxílio para investidores iniciantes. 

Leia também: 10 melhores investimentos para o futuro do seu filho

7. Ensine educação financeira aos seus filhos

Outra dica de educação financeira para pôr em prática é envolver seus filhos nas decisões financeiras da casa!

Apesar de parecer desafiador, ensinar educação financeira aos pequenos pode ser algo simples e divertido, quando feito de forma correta. 

Abaixo, trouxemos algumas dicas úteis para te ajudar com a educação financeira da criançada!

Defina uma mesada

A mesada educativa nada mais é que um valor fixo dado ao seu filho para que ele possa colocar em prática todos os conceitos de educação financeira que aprendeu com você. A ideia é que ele faça o uso do dinheiro de forma consciente ao mesmo tempo que aprende boas práticas, como anotar gastos, planejar objetivos e economizar. 

Para saber tudo sobre a mesada educativa, clique aqui. 

Faça com que as crianças participem do orçamento familiar

As crianças precisam participar do processo de planejamento do orçamento familiar para entenderem alguns aspectos financeiros, como o valor das contas, as datas de recebimentos e os gastos mensais da casa. Assim, fica mais fácil explicar que suas escolhas podem impactar nos objetivos da família. 

Ter uma visão geral das contas e dos gastos também ajuda a incentivar os pequenos a terem hábitos mais conscientes, como apagar as luzes dos cômodos, demorar menos no banho, entre outros. 

Use jogos para tornar o aprendizado mais divertido

Se você já acompanha o blog, com certeza já deve ter visto nosso post sobre jogos de educação financeira. Muitos não imaginam, mas esses jogos podem ser muito úteis para introduzir aos pequenos alguns conceitos relacionados ao dinheiro.

Além de muito divertidos, esses jogos podem melhorar a comunicação e o relacionamento entre os membros da família. 

Como exemplos, temos os clássicos Banco Imobiliário e Jogo da Vida. Você já os jogou quando criança?

dicas de educação financeira
  • Save

Ensine a diferença entre necessidade e desejo

É muito importante trabalhar para que as crianças entendam a diferença entre o que é uma necessidade e o que é apenas um simples desejo.

É dever dos pais ajudar seus filhos a terem consciência sobre esse assunto para que eles entendam que certos gastos podem impactar outros. 

Ensine a poupar desde cedo

Você sabia que alguns hábitos financeiros criados na infância podem acompanhar seu filho durante toda a vida? 

Por isso, é essencial que você estimule-o desde cedo a poupar e a investir para conquistar um futuro melhor e mais tranquilo! 

A mesada por ser uma excelente ferramenta para fazer com que seu filho entenda a importância de poupar e investir. A cada semestre, você pode sentar com ele para definir objetivos e planos de ação para conquistá-los com o que recebe mensalmente.

Leia também: Poupança para filhos, por onde começar?

Esperamos que com essas dicas de educação financeira, você e sua família sigam firmes em aprender mais sobre como lidar com o dinheiro. Afinal, um lar financeiramente estável é um lar mais harmonioso e tranquilo para todos os membros da família.

Guarde dinheiro para a criança que você mais ama com a Pulpa!

Já pensou em guardar dinheiro para a criança que você mais ama, de forma segura e colaborativa?

Na Pulpa, você pode guardar o dinheiro e vê-lo crescer ao longo do tempo, igual a criança!

O melhor de tudo é que todos podem colaborar um pouquinho: pai, mãe, avós, tios, primos, padrinhos e até mesmo os amigos!

Além disso, todas as pessoas que pulpam podem deixar uma cápsula do tempo no aplicativo, com recadinhos e ensinamentos para o futuro do pulpilo.

Gostou dessa ideia? Comece a pulpar hoje mesmo! Conheça mais sobre a Pulpa e baixe o aplicativo Pulpa em seu celular.

poupar dinheiro
  • Save

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Share via
Copy link
Powered by Social Snap